Canal do Panamá

17 de fevereiro de 2015

O Canal do Panamá é considerado uma das grandes maravilhas da engenharia do mundo. Estende-se 80km desde a Cidade do Panamá no Pacífico até Colón no lado do Atlântico com o fim de facilitar o comércio marítimo internacional. Os navios do mundo inteiro, para serem construídos, tem as medidas das eclusas do Canal do Panamá levadas em consideração (33,5m de largura e 305m de comprimento). Quase 15.000 navios passam por ali todos os anos. A grande maioria são embarcações que transportam contêineres, mas há também os navios que transportam petróleo, grãos, carros, grandes cruzeiros de passageiros e pequenas embarcações (veleiros particulares). Atualmente o governo panamenho está finalizando uma ampliação da obra, com a construção de eclusas com maiores dimensões e aumentando a profundidade do canal para que navios maiores também possam fazer a travessia. O Canal do Panamá atual é composto por 3 grupos de eclusas: Miraflores e Pedro Miguel no lado do Pacífico e Gatún no lado do Atlântico. Um navio navegando sentido Pacífico – Atlântico deve passar pelas seguintes etapas: subir as duas eclusas de Miraflores, cada uma com 8m, depois subir mais 10m na eclusa de Pedro Miguel. Dali pra frente os navios navegam por um lago artificial enorme, Lago Gatún, que quando construído foi considerada a maior represa e lago artificial do mundo. Chegando nas eclusas de Gatún, os navios descem os 26m de desnível passando por 3 eclusas até finalmente chegarem no oceano Atlântico. O tempo aproximado para atravessar o canal varia entre 8 e 10 horas. Antes, as embarcações tinham que viajar 20 mil quilômetros até contornar a extremidade sul da América do Sul. O pagamento é feito de acordo com o peso, com uma média de custo de aproximadamente U$ 30.000. O montante mais alto, U$ 376.000, foi pago em 2010 pelo cruzeiro Norwegian Pearl e o mais barato foi U$ 0,36, pago em 1928 por Richard Halliburton, que cruzou os 80km a nado. Foram os franceses, em 1881, que iniciaram a construção dessa obra gigantesca. Os problemas de engenharia e a alta taxa de mortalidade por causa de doenças como dengue e malária fizeram que desistissem do projeto (estima-se que mais de 20 mil pessoas morreram nesta tentativa de construção do canal). Foram os americanos que assumiram sua construção em 1904 e levaram dez anos para a conclusão em 15 de agosto de 1914. No ano passado, 2014, o Canal do Panamá completou 100 anos de comportas abertas. O território onde foi construído o canal chegou a pertencer a Colômbia, depois aos franceses e por último aos americanos. Com o término da sua construção, os Estados Unidos continuaram a controlar a área do canal até que em 1977 foi assinado um tratado, Tratado de Torrijos-Carter, passando o controle também ao Panamá. O canal só foi cem porcento assumido pelo governo panamenho em 1999. Vejam o mapa abaixo para entenderem um pouco mais dessa gigantesca obra.

Canal do Panamá

Referência mapa: http://www.megacurioso.com.br/mega-estruturas/45273-15-curiosidades-sobre-o-canal-do-panama.htm Recentemente, descobrimos que o Canal do Panamá perderá sua hegemonia. Os chineses acabaram de iniciar a construção de um outro canal na Nicarágua. Um obra ousada que terá aproximadamente 260km de extensão e contará com eclusas muito maiores que as da ampliação panamenha. Esses chineses são rápidos.

Deixe o seu comentário

Seu email não será publicado ou partilhado. Os campos marcados com * são obrigatórios.

*
*



7 comentários. Confira:

  • Olá intrépidos aventureiros!
    Qd minha irmã Lilian e eu estivemos no Panamá, inclusive percorrendo o canal, ficamos indignadas com a pobreza da população original do país, apesar de toda riqueza q passa pelo canal, mt pouco é revertido para o povo, que aliás, foi banido da capital e vive miseràvelmente nas vilas do interior.
    Abraços e que Deus os acompanhe!

    Cora Bollmann de Bruns
  • Maravilhas neste mundão de Deus das quais sequer tínhamos alguma noção…
    Que bom que podemos apreciar tanta coisa linda através
    dos olhos de vocês…
    Muito obrigada por tantas informações interessantes!

    Leones M. Rudnick
  • Tenho acompanhado todos os passos de vocês por aqui. Por acaso fiz uma escala no Panamá há um mês e pude ver de cima. Boa sorte para vocês nesta incrível aventura. Abraços!

    André Ribeiro
  • Muito interessante as informacoes
    Obrigado.
    Aguardemos a China
    Abraço s Ilna e Gilberto

    Ilna
  • Esse lugar é realmente uma fantástica obra de engenharia. Parabéns pelas informações do post e por destacarem a fonte também. E preocupa-me a ambição da China, que com certeza cumprirá com o prometido até antes do tempo…

    Aproveito para mais uma vez agradecer a atenção que tiveram em responder o questionário para o meu TCC! E pela forma carinhosa que trataram nas respostas. Fiz questão de compartilhar isso com meu grupo de amigos do MBA, como marketing legítimo sobre vocês!

    Muito obrigado mesmo!
    Abraço,
    Willian.

    Willian de Souza
  • Muito show tudo isso.
    Parabéns a dupla.
    Excelente reportagem.

    Paula
  • Que história interessante. Gostei!

    LUIZ FELIPE M CAMPELO

Patrocinador

Apoiadores

Victória Motor Homes
Xthor
Sol Paragliders
EBPM

2013 © Mundo por Terra

www.scriptsell.netLargest Online Shopping and Fashion Network