Um milhão de gazelas

17 de junho de 2016

Há, no leste da Mongólia, uma linda região de estepes. De acordo com alguns biólogos, esse é um dos últimos ecossistemas de pastos ainda intactos no mundo. É um espetáculo da natureza, nós podemos assim dizer, pois além de ser uma vasta planície onde enxerga-se quilômetros e mais quilômetros de distância, este é o habitat de cerca de um milhão de gazelas de rabo branco.

Por um lado, enxergar tão longe nos dá a chance de achar as gazelas que normalmente andam em grupo sobre as pastagens, mas por outro, é certo que quando nós as víamos, elas já tinham nos visto há tempo e corriam em disparada fugindo de nós. Dá para entender o seu medo dos humanos, pois infelizmente são indiscriminadamente caçadas, o que coloca em risco sua população que diminuiu 50% nos últimos dez anos.

Se por terra era difícil uma aproximação, o jeito foi fotografa-las por ar, utilizando nossa aeronave portátil, o paramotor. Mas as fotos deste POST demonstram apenas uma fração da emoção que foi voar sobre um grupo grande de gazelas que de tão rápidas, pareciam também voar pelos campos.

Deixe o seu comentário

Seu email não será publicado ou partilhado. Os campos marcados com * são obrigatórios.

*
*



5 comentários. Confira:

  • Estou na região de Dornod province, leste Mongólia perto da China e da Russia. Os padrões são incomuns, o nivelado sem fim, uma só paisagem 360°. Magnífica a coisa. Vegetação rasteira não fechada inarredavelmente a mesma alternada entre o verde e o cinza de presença única e absoluta açambarcando a vastidão. Solo silto arenoso mais arenoso que siltoso. Os caminhos implantados o são pelos pneus que simplesmente sulcam o solo e mudam para rotas paralelas conforme se aprofundam. Não se vê nada ao derredor sendo que o nada é o tudo soberano e magnífico. A magnitude de Deus nos confunde no desenho da superfície variadíssima do planeta onde fomos colocados provisórios. Se assim, colados e presos ao solo de um imenso globo ficamos extasiados, quanto mais não ficaremos quando desprendidos navegaremos na eternidade de terceiros Céus para cujas visões os humildes outrora incorporados serão contemplados…:)

    Pedro
  • Ah, especialmente aquela foto onde as gazelas estão bem perpendicularmente e as sombras aparecem perfeitamentes desenhadas no chão. Lembrei da foto de camelos do George Steinmetz, para National Geographic – uma foto que acho sensacional!

    Abraços

    Josias Alan Rezini
  • Muito legal essas fotos feitas de paramotor! Chegaram a fazer vídeos também? Deve ficar bacana.
    Abraços e boa viagem!

    Josias Alan Rezini
  • Que descoberta incrível ! Belas fotos . Parabéns!

    Otto Luiz Kiehn
  • Que fotos lindas. Imagino a emoção de ver as gazelas “voando” nestes campos gigantes gigantes. É incrível quanta beleza há no mundo!

    Leones M. Rudnick

Patrocinador

Apoiadores

Victória Motor Homes
Xthor
Sol Paragliders

2018 © Mundo por Terra

scriptsell.neteDataStyle - Best Wordpress Services